Shirley.comtudo
Open Panel
ALE-RR

Haroldo Cathedral destina R$ 10 milhões para atender as áreas da educação e saúde nos municípios de Roraima

shirleycontudo

reunião prefeitos de Roraima

Nossa intenção é propiciar a melhoria da qualidade de vida e o bem-estar da população,” Haroldo Cathedral (Foto: Ascom)

Haroldo Cathedral destina R$ 10 milhões para atender as áreas da educação e saúde nos municípios de Roraima

O deputado Haroldo Cathedral (PSD-RR) reuniu-se com prefeitos dos municípios de Roraima, ontem em Brasilia  tratar sobre a destinação R$ 10 milhões em recursos extraorçamentários, referente ao orçamento da União de 2019. O valor alocado irá atender as áreas da educação e saúde nos municípios de Boa Vista, Rorainópolis, Amajari, Iracema, Pacaraima e Alto Alegre.

Estiveram presentes o prefeito de Alto Alegre, Pedro Henrique (PSD), de Pacaraima, Juliano Torquato (PRB) e de Iracema, Jairo Ribeiro (MDB).

Na reunião, Haroldo Cathedral decidiu priorizar ações de apoio à infraestrutura para a educação básica e o incremento temporário ao custeio dos serviços de atenção em saúde. A capital Boa Vista foi contemplada com R$ 3 milhões para o custeio dos serviços de assistência hospitalar e ambulatorial. O município de Pacaraima será beneficiado com o aporte de R$ 1.3 milhões para ajudar a minimizar os efeitos da sobrecarga na rede pública municipal de educação, proveniente do aumento de alunos venezuelanos matriculados. Iracema, Rorainópolis, Amajari e Alto Alegre receberão o valor de R$ 5 milhões também para custeio da educação básica. O parlamentar destinou ainda R$ 700 mil ao município de Alto Alegre que serão empregados  para a manutenção dos serviços de saúde.

Para o deputado Haroldo Cathedral é preciso atuar em prol o fortalecimento dos municípios, com investimento nas áreas essenciais, a fim de garantir o desenvolvimento socioeconômico de Roraima. “Nossa intenção é propiciar a melhoria da qualidade de vida e o bem-estar da população. Estamos trabalhando também para promover a  autonomia e o fortalecimento econômico dos nossos municípios,” salientou Haroldo Cathedral.

(Fonte: Ascom Dep. Haroldo Cathedral)

 Postagens Anteriores

folha

Jalser Renier determina realização de audiência pública sobre previdência de servidores estaduais

shirleycontudo

Reunião sindicatos Foto Jader Souza 4

Legenda Decisão foi anunciada em reunião com representantes de sindicatos nesta segunda-feira

Jalser Renier determina realização de audiência pública sobre previdência de servidores estaduais

Em reunião com presidentes de sindicatos de diversas categorias de servidores públicos estaduais, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Jalser Renier (SD), determinou a realização de uma audiência pública para discutir a situação previdenciária dos servidores do Estado. A discussão está prevista para o dia 24 de outubro, no plenário Noêmia Bastos Amazonas.

A reunião ocorreu na sala da presidência do Poder Legislativo nesta segunda-feira (14). Conduzida pelo presidente Jalser Renier, acompanhado do deputado Nilton Sindpol (Patri), os sindicalistas criticaram o projeto de lei que institui o Regime Previdenciário Complementar e o que altera artigos na lei vigente sobre pagamento de pensão a dependentes de servidores regidos pelo Iperr (Instituto de Previdência do Estado de Roraima).

Segundo o deputado Jalser Renier, o pedido para esta discussão é justo por entender a importância de ouvir as necessidades dos servidores. “O Governo manda os projetos e muitos dos presidentes dos sindicatos reclamam que não são ouvidos, muitas pautas são aprovadas e eles não têm o conhecimento”, disse o presidente, ao afirmar que os projetos serão colocados em discussão.

O Sinter (Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação), representado por Flávio Bezerra, citou como consequência deste projeto de lei complementar, a alteração no pagamento das pensões aos cônjuges ou familiares de servidores públicos falecidos.

O presidente do Sindicato dos Profissionais em Enfermagem, Melquesedek Menezes, ressaltou que esta luta não é de hoje e que este projeto de lei é um paralelo ao do Governo Federal, com a reforma da previdência. “Um projeto de lei encaminhado a esta casa no regime de urgência, onde nós nem tomamos ciência da gravidade disso. Quando a gente tem um regime de urgência, a gente coloca ponderadores. O servidor é o mais prejudicado”, classificou.

Participaram da reunião representantes dos sindicatos dos Policiais Civis, de Profissionais da Enfermagem, dos Trabalhadores em Educação, dos Trabalhadores Civis Efetivos do Estado, de Técnicos Agrícolas, e dos Agentes Penitenciários. Outro encontro estará previsto para discutir a inclusão destas e de outras demandas no PPA (Plano Plurianual) 2020-2023. 

(Fonte: SupCom ALE-RR)

 Postagens Anteriores

folha

Inscrições abertas para oficina do Sesc Dramaturgia

shirleycontudo

Sesc Dramaturgia 2019.2

As inscrições são  gratuitas e podem ser feitas através do link [https://bit.ly/02sdr]. Vagas limitadas!

Inscrições abertas para oficina do Sesc Dramaturgia com Lydia Del Picchia (BH)

Atores, bailarinos, diretores, coreógrafos e estudantes de teatro, dança ou música, a partir de 15 anos, já podem se inscrever na oficina do Sesc Dramaturgia, que será realizada entre os dias 14 e 18 de outubro, a partir das 18h, no Teatro Jaber Xaud (Sesc Mecejana). As inscrições são totalmente gratuitas e podem ser feitas através do link [https://bit.ly/02sdr]. Vagas limitadas!

          Com o tema 'A preparação do ator para a cena', o evento busca desenvolver princípios de vivência em grupo, a experimentação, o jogo, o estímulo ao ator como criador, a construção do teatro como coletivo, de maneira que o participante possa desenvolver sua atenção, escuta, disponibilidade e concentração, elementos imprescindíveis para a prática teatral.

          A condução da oficina fica por conta da artista mineira, Lydia Del Picchia, atriz do Grupo Galpão desde 1994, coordenadora pedagógica do Galpão Cine Horto desde 2004 e dirigiu vários espetáculos, dentre eles: “In Memoriam” (2004), “Papo de Anjo” (2005) e o “Ensaio de mentira” (2013).  “É necessário se preparar para entrar em um estado de criação, transpor a fronteira do dia a dia e entrar em um outro universo, criar condições para a passagem da vida cotidiana para a artística”, destacou Lydia. 

          Lydia Del Picchia - atriz, bailarina, coreógrafa e diretora, mineira de Belo Horizonte, é formada pelo extinto Trans-Forma centro de dança contemporânea, ponto de experiências culturais e interdisciplinares, fundado e dirigido Marilene Martins. Integrou diversos  grupos, tais como o Trans-Forma, Cia. de Dança do Palácio das Artes e Grupo 1º Ato, exercendo funções de bailarina, professora, assistente artística e coreógrafa.

 

Postagens Anteriores

folha

Varas da Infância/ TJRR firmam mais de 20 acordos nos primeiros dias do ConciliaRR

shirleycontudo

ConciliaçãoInfância Orib Ziedson 1

Conciliação é considerada ideal em casos que envolvem crianças e adolescentes
Foto: Orib Ziedson

Varas da Infância/ TJRR firmam mais de 20 acordos nos primeiros dias do ConciliaRR

Nestes primeiros 10 dias do Mês Estadual da Conciliação, o ConciliaRR (Concilia Roraima), a 1ª e a 2ª Vara da Infância e Juventude do TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima) já realizaram um total de 24 audiências; e todas resultaram em conciliação.


Nas Varas da Infância e Juventude do Poder Judiciário em Roraima, a conciliação é possível em praticamente todas as ações, com exceção apenas dos atos infracionais de natureza grave, quando não é cabível a remissão da pena, e a internação poderá ser a medida adotada.


O trabalho faz parte do esforço concentrado organizado para este mês de outubro, escolhido como período para fortalecer a prática da conciliação em todo o estado de Roraima até o próximo dia 31. 

O titular da 1ª Vara da Infância e Juventude, juiz Parima Veras, destaca porque conciliar é o caminho mais aconselhável, com menor tempo do processo, e diminuição do dano e do inconformismo entre as partes. “É sempre melhor um acordo, e a conciliação leva a isso. Em outras palavras, a conciliação favorece realmente a pacificação social. E deve ser preferida por nós, juízes. Na infância, damos especial atenção à conciliação”, ressaltou.


Dentre os casos em que é possível aplicar a conciliação nas Varas da Infância e Juventude estão os atos infracionais leves, onde é cabível a remissão, que, segundo Veras, se destina à suspensão ou extinção do processo.


“Na conciliação é muito comum a aplicação de uma medida socioeducativa em meio aberto. E essa é a forma preferida pela Lei, porque é menos danosa ao adolescente”, detalha, ao explicar que, em casos extremos, a internação fica reservada para os atos infracionais graves ou gravíssimos, em que é necessário submeter o adolescente a uma medida mais enérgica para prevenir futuros atos infracionais.

Outra possibilidade de conciliação em casos envolvendo crianças e adolescentes está ligada à área da Infância e Juventude que cuida do poder familiar, da guarda, da adoção, da tutela e das ações civis públicas para internação ou para fornecimento de remédio pelo poder público.

“Remédios que a criança ou o adolescente não podem comprar, ou porque a família do adolescente ou da criança não possui recursos para aquisição e recorrem ao poder judiciário para sanar essas questões. Nessas ações, a conciliação também é possível, embora ocorra em menor número pela peculiaridade das questões envolvidas”, exemplificou o magistrado.

Ainda, segundo Veras, a maior vantagem da conciliação para os pais ou envolvidos é que crianças, adolescentes e familiares não estarão submetidos à vontade de um juiz, mas à vontade deles mesmos, porque constroem um acordo.


“Na conciliação, as partes precisam chegar a um meio termo para alcançar o entendimento. Não é algo que o juiz decide, determina ou impõe. O acordo resguarda a vontade das partes. Essa é a maior importância da conciliação, e por isso mesmo ela atinge um alto grau de pacificação social, porque, quando ocorre, há uma satisfação maior de ambas as partes. Como o resultado: a solução do problema”, exemplificou o magistrado.


Para quem precisa buscar atendimento, tanto neste período do ConciliaRR como no decorrer do ano, a sede das Varas da Infância e Juventude fica localizada na avenida Ataíde Teive, número 4.270, bairro Caimbé.


(Fonte: Nucri - Núcleo de Comunicação e Relações Institucionais do Tribunal de Justiça de Roraima)

 Postagens Anteriores

folha

Dia da Criança - Crianças apresentam o Musical Extraordinário

shirleycontudo

MUSICAL 3

O espetáculo vai acontecer na igreja Batista Monte Sinai, no Bairro dos Estados e celebra o dia deles com muitas surpresas.

Dia da Criança - Crianças apresentam o Musical Extraordinário

O Dia da Criança será celebrado, neste domingo (13), pelo Musical Aviva Kids Extraordinário, formado por mais de 40 crianças da Igreja Batista Monte Sinai, do Bairro dos Estados.

A criançada promete emocionar o público com uma sequência musical e teatral que mostra  como ter uma vida extraordinária, garante a coordenadora do Musical Michelli Aguiar.

“É um momento muito importante para elas. Depois de dois dias de congresso, aprendendo sobre o ser mais extraordinário que já pisou neste mundo, Jesus, elas vão cantar sobre a vida extraordinária que Ele oferece. Os ensaios estão acontecendo há um mês, tanto as músicas como as coreografias e o teatro. Será uma bela celebração ao nosso Senhor. Vale a pena estar conosco neste dia”.

O repertório aborda temas como perdão, arrependimento, testemunho, salvação, obediência, ou seja, ensinamentos que Jesus deixou para que seguíssemos.

Musical – O Aviva Kids já faz parte do calendário de eventos e a cada ano vem integrando mais crianças e adolescentes que fazem parte das atividades da igreja. 

Hoje, a igreja disponibiliza diversos momentos e atividades recreativas e lúdicas para essa turminha, tanto nas classes da Escola Bíblica Discipuladora (EBD) como durante a  celebração da tarde (17h), aos domingos. Nesses momentos, eles aprendem sobre a importância de viver uma vida plena em Jesus.

O Musical será apresentado neste domingo (13), em dois horários, às 17h e às 19h15, com entrada gratuita. É para toda a família.

 

Postagens Anteriores

folha